segunda-feira, 18 de abril de 2011

Profundo e comovente...

Bernardine Kennedy – Onde estás?, vocês não imaginam como eu estava a precisar de um livro assim, um daqueles livros que nos prende logo no inicio, houve momentos em que fiquei verdadeiramente irritada, triste, sensibilizada, feliz…

No fundo foi um livro que mexeu comigo de uma forma estranha uma vez que eu não tenho filhos logo não me posso identificar completamente com o que se está a passar mas a verdade é que senti como se entendesse perfeitamente o sentimento de impotência da personagem principal. Se por um lado não conseguia entender como é fácil um pai fugir com um filho e a polícia não conseguir fazer nada, também me questionei muitas vezes como é que aquela mãe se deixou subjugar durante tanto tempo por um marido possessivo e achar que era muitíssimo feliz.

Um livro que nos mostra a importância da amizade, da ajuda ao próximo de forma desinteressada, que nos ensina que normalmente quando damos coisas boas acabamos por ser recompensados, que nos deixa entrar nas profundidades do desespero de uma mãe que não sabe onde está o seu filho e nos mostra as suas fraquezas e fragilidades ao mesmo tempo que observamos a sua força e coragem. Em quase todos os momentos nos apercebemos que não é assim tão difícil uma pessoa seguir um caminho errado e tomar decisões erradas.

Gostei muito da escrita, é a primeira vez que leio algo desta autora mas não será a última porque gostei muito da forma como a história se desenrola, como lemos sobre o ponto de vista de todas as personagens sem ficarmos confusos e conseguimos acompanhar muitas histórias ao mesmo tempo. O livro tem 331 páginas mas fiquei com a sensação que era um livro de 800 pela quantidade de informação que contem.

Nota: 4/5


Sinopse:

O seu filho desapareceu.

O seu marido não é o homem que ela pensava ser.

O pesadelo de Jessica está apenas a começar…

Aos 36 anos, Jessica parece ter a vida perfeita.

Há sete anos, durante umas férias nas Caraíbas, conheceu o americano Sheldon Patterson. Foi amor à primeira vista. Bondoso, atraente e seguro de si, ele era o homem com que sempre sonhou. Com o nascimento do filho de ambos, Cameron, a felicidade do casal ficou completa.

Enquanto Jessica se dedica de alma e coração à família, Sheldon tem uma profissão exigente que o obriga a viajar constantemente. Por isso, quando ele planeia uma viagem a sós com Cameron, Jessica concorda. Pai e filho terão assim tempo para se conhecerem melhor e reforçarem a sua ligação afectiva, longe da rotina do dia-a-dia.

Em casa, Jessica aguarda ansiosamente, imaginando todas as histórias que terão para contar. Mas a sua vida não voltará a ser a mesma quando se apercebe de que eles não vão voltar.

XOXO S.

4 comentários:

  1. http://choquesrosas.blogspot.com/ visita :)

    ResponderEliminar
  2. Parece-me maravilhoso! Vou tratar do arranjar.
    Beijinhos minha querida,
    Bomboca do Amor.

    ResponderEliminar
  3. tenho em standby (tenho uma montanha de livros para ler). tenho andado muito preguiçosa para por a leitura em dia :(

    ResponderEliminar