sábado, 4 de dezembro de 2010

O que mais me surpreende na blogoesfera…

Ainda tenho dificuldade em entender como uma má notícia na vida de alguém neste mundinho me deixa triste que só visto e como uma boa notícia me deixa a saltar de alegria.


Apesar de tudo o que há de mau por aqui isto supera tudo, a felicidade que somos capazes de sentir pela felicidade de alguém é absolutamente maravilhoso.

XOXO S.

12 comentários:

  1. Este é um fenómeno que também me acontece.

    Mas, se formos a ver, não é assim tão estranho, afinal andamos por aqui todos os dias, interagimos, partilhamos...é natural que estas pessoas passem, de alguma forma, a fazer parte das nossas vidas, right?

    Bjinho :)*

    ResponderEliminar
  2. 'a felicidade que somos capazes de sentir pela felicidade de alguém é absolutamente maravilhoso.'

    não podia concordar mais contigo :)

    ResponderEliminar
  3. É verdade, dou por mim muitas vezes a vibrar por algo que bom que acontece a alguém que conheço apenas da blogosfera:) bj!

    ResponderEliminar
  4. É verdade. Mas até aqui se começam a criar laços, é inevitavel. :) *

    ResponderEliminar
  5. Também concordo. Tenho blogue a pouco tempo mas também já me vejo a saltar de alegria e entristecer conforme as noticias :)

    ResponderEliminar
  6. É mesmo verdade! E como sentimos um carinho e uma simpatia especial por pessoas que não conhecemos da vida "cara-a-cara". Este mundo é surpreendente :)

    Um beijinho grande e obrigada por tudo, mais uma vez! :)

    ResponderEliminar
  7. é verdade, criamos laços com as pessoas que lemos que partilhamos os mesmos sentimentos.

    Bjokas*

    ResponderEliminar
  8. É verdade. Eu também sou assim. Na blogosfera, as pessoas que me são queridas, se estão tristes afecta-me, se estão felizes, também fico feliz. :)

    Acho que por aqui, a coisa não é só virtual como muitos pensam. Existem laços verdadeiros que vão sendo criados ao longo do tempo.

    :O)

    Beijão*

    ResponderEliminar
  9. Mas é realmente estranho vibrares com a vida de palvras... Palavras que sei que têm alma e uma pessoa por trás. Mas são textos! Eu vejo isto como mini-multi-telenovelas. De pessoas que existem mesmo...

    ResponderEliminar